Associação Brasileira do Agronegócio da Região de Ribeirão Preto
Capital Brasileira do Agronegócio

NOTÍCIAS

24 Janeiro 2014

Um ano de fortes emoções

Em 2013, o agronegócio fechou com números positivos.

Com exportações acima dos US$ 100 bilhões de dólares e um superávit no comércio exterior de US$ 82,91 bilhões, o agro novamente compensou o déficit dos demais setores da economia brasileira, de US$ 80,35 bilhões.

Quanto ao PIB, produto interno bruto, a CNA estima que fechará com um crescimento em torno de 3,5%, liderado pelo segmento da agropecuária.

Em 2014, o agronegócio será impactado por importantes acontecimentos no Brasil – como copa do mundo e eleições – e no mundo – retirada dos estímulos econômicos e debate sobre elevação da taxa de juros no EUA, ritmo de crescimento da China, aprofundamento das diferenças entre os blocos comerciais, como Aliança do Pacífico e Mercosul, entre outros.

Vale então o acompanhamento, com muita atenção, dos desdobramentos políticos e dos indicadores econômicos, dentre eles, o câmbio, que além da esperada desvalorização, deverá apresentar bastante volatilidade.

Em meio a tantos eventos, não se pode deixar cair no esquecimento a legislação ambiental. O setor ainda permanece no aguardo do Ato do Ministro de Estado do Meio Ambiente que estabelecerá a data a partir da qual o Cadastro Ambiental Rural será considerado implantado.

Lembrando que o Novo Código Florestal data de 25 de maio de 2012 e o CAR do Estado de São Paulo foi lançado em 05 de junho de 2013.

A aprovação da lei 12.651 foi apenas uma etapa vencida, mas os esforços para o seu cumprimento devem continuar ao longo da implantação do CAR e, posteriormente, do Programa de Regularização Ambiental, PRA.

Este ano promete fortes emoções. Para os grãos, há perspectiva de acomodação dos preços no cenário internacional e crescimento da safra brasileira; e para as cadeias de café e cana-de-açúcar, o cenário ainda permanece de dificuldade, com alguns sinais de melhora para a cana.

Apesar disso, e da continuidade dos problemas estruturais que afetam o setor, o agronegócio promete, novamente, ter papel de destaque entre os setores da economia do Brasil.

Um bom ano a todos!

Patricia Milan
Diretora Executiva da ABAG/RP

Av. Luiz Eduardo de Toledo Prado, 870 - sala. 510 - Iguatemi Empresarial - Vila Golf - CEP. 14027-250 - Ribeirão Preto - SP
Fone/Fax: (16) 3623-2326 - abagrp@abagrp.org.br